A Catedral de Santos

28/06/2019

Saiba mais sobre a catedral centenária sede da Diocese de Santos 

A história da catedral 

A catedral de Santos é um templo católico sede da Diocese de Santos e da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, considerada a paróquia mais antiga da cidade. A estrutura de estilo neogótico começou a ser construída em 1909 em cima das ruínas da antiga matriz de Santos e foi projetada pelo arquiteto alemão Maximilian Emil Hehl, o mesmo que projetou também a catedral de São Paulo. A igreja foi provisoriamente inaugurada em 1924 e no próximo ano foi instaurada pelo Papa Pio XI a Diocese de Santos, que elevou o status da matriz para catedral. No ano de 1967 a igreja passou por um grave acidente, a explosão de um gasômetro fez com que uma parte da lateral tivesse que passar por uma reforma, mas neste mesmo ano as reformas foram concluídas e até hoje a catedral continua imponente na paisagem do centro de Santos. 

A estrutura da catedral conta com três naves, dois altares laterais de mármore e duas capelas, a do Santíssimo Sacramento, com afrescos de Benedito Calixto, e a de Nossa Senhora de Fátima. O conjunto é completo pela grande cúpula aonde ficam sete vitrais que contam a história de Nossa Senhora de Fátima, e pela torre que abriga um carrilhão de sete sinos. A catedral possui ainda uma cripta na qual estão enterrados os bispos Dom Idílio José Soares e Dom David Picão. A igreja fica aberta de segunda a sexta das 7h às 19h, e aos fins de semana das 8h às 12h. 

Sobre a catedral de Santos: 

Endereço: A Catedral de Santos fica na Praça José Bonifácio s/nº - Centro - Santos.

Horário de Visitação: Aberto de segunda a sexta das 7h às 19h e aos fins de semana das 8h às 12h.

Para mais informações acesse:  https://www.diocesedesantos.com.br/paroquias/catedral-nossa-senhora-do-rosario/

Redação: Gabriel Stelita Schalch | Fotografia: Diogo Peres | Imagem: Nicolas Negrão | Direção: Thiago Manias  


PUBLICAÇÕES RECENTES