A falta de privacidade na era digital

26/06/2019

Saiba como o rápido desenvolvimento tecnológico impacta diretamente a privacidade das pessoas

Privacidade

Na última década, a internet foi incorporada de forma extremamente veloz à vida de milhões de pessoas em todo o mundo, e junto com ela, diversos benefícios foram trazidos a nossa sociedade, principalmente nos quesitos de facilidade de comunicação e acesso e compartilhamento de informações. Mas nada é inteiramente positivo, existe toda uma carga negativa neste processo de transição por qual estamos passando agora, cada vez mais as pessoas interagem e trocam dados através dos dispositivos de comunicação móveis o que abre uma brecha cada vez maior para a vulnerabilidade da nossa esfera de privacidade.

Ao lançar um olhar crítico sobre essa transição vemos que o grande desafio da sociedade moderna será preservar a privacidade e a reputação em meio a um ambiente social tão interconectado. A nova consciência da esfera pública, desafia constantemente a reputação pessoal e das empresas, tal reputação agora deve ser vista como um patrimônio inestimável que pode ser destruído ou potencializado através da internet.

É necessário, porém, assumir a responsabilidade por certos comportamentos que nos classificam como "primatas hi-tech", tal expressão surgiu para definir um comportamento on-line típico do brasileiro, de adorar excessivamente as redes sociais e o exibicionismo exagerado o que contrasta com o pouco conhecimento sobre vulnerabilidade e excesso de exposição da privacidade no meio eletrônico. Isso resulta em uma falsa sensação de anonimato, que somada ao desconhecimento das leis vigentes, atraí indivíduos para a prática de ilícitos que vem sendo cada vez mais desvendados e punidos pela Justiça Brasileira.

Precisamos nos conscientizar de que quanto mais a tecnologia avança, mais a nossa privacidade é reduzida, e apesar desse risco tecnológico não estar escondido dos olhos da Justiça, é muito importante criar o hábito individual de monitorar a divulgação de conteúdo que possa ser ilícito, visando retira-lo imediatamente de circulação para reduzir os danos. Afinal, as novas tecnologias possibilitam que qualquer incidente que aconteça num ambiente restrito, acabe rapidamente tomando proporções incontroláveis devido a divulgação indevida, o que pode acabar resultando em danos pessoais imensos.

O que podemos concluir é que estamos diante da necessidade de aprendermos uma nova etiqueta de comportamento social através do mundo eletrônico, aonde qualquer conteúdo é compartilhado, copiado e roubado com extrema facilidade e inconsequência, e aonde não existe mais o direito ao esquecimento. Tudo isso demanda um enorme aprendizado para que estejamos preparados para as críticas e desentendimentos digitais, que atualmente não são mais controláveis por um indivíduo ou uma empresa, e sim pela vontade da massa.  

Agora que você já está ciente dos perigos da perda de privacidade on-line, comece a mudar sua visão e suas atitudes para que você não acabe por se tornar a próxima vítima.

Redação: Gabriel Stelita Schalch | Direção: Thiago Manias  


PUBLICAÇÕES RECENTES