Chegou o Carnaval!

04/02/2020

Saiba tudo sobre a festa mais popular do nosso país, desde a origem até dicas de lugares e segurança 

É festa! 

A época do Carnaval é marcada pelas festas, pelas comemorações e pela alegria do povo, se você é brasileiro, com certeza já conhece e já participou de alguma celebração durante essa época. Acontece que muitas pessoas não sabem de onde surgiu essa tradição e de onde vieram os costumes que moldaram a nossa cultura até torna-la o que é hoje. Confira no texto abaixo, tudo sobre a história do carnaval e dicas para te auxiliar no seu feriado:

O Carnaval é um festival cristão que ocorre anualmente antecedendo o período da quaresma, durante esse período são tradições as festas e desfiles públicos que misturam elementos fantasiosos e circenses com o uso de trajes e fantasias variados o que permite as pessoas perderem suas individualidades cotidianas e experimentar um sentido diferenciado de unidade social, outra característica extremamente comum do carnaval são as sátiras sociais, as zombarias com autoridades e a total inversão das regras e normas do dia-a-dia.

A festa do carnaval é uma herança de diversas comemorações realizadas na antiguidade pelos povos egípcios, hebreus, gregos e romanos para comemorar boas colheitas e louvas suas divindades. As principais festas ancestrais de carnaval foram as "saturnais", realizadas na Roma antiga em exaltação a Saturno, o deus da agricultura, na época dessa celebração, as escolas fechavam, os escravos eram soltos e os romanos dançavam alegremente pelas ruas. Existiam até os antecessores dos atuais carros alegóricos, chamados carrum navalis, algo como "carros navais", conhecidos assim por sua semelhança com o formato dos navios, alguns especialistas defendem que foi desse conceito que surgiu a palavra "carnaval".

A maior parte dos especialistas, porém, acha que o termo vem de outra expressão latina; carnem levare, que significa, "retirar" ou "ficar livre da carne". Isso por que, já na idade média, essas antigas festividades pagãs foram incorporadas pela igreja católica para marcar os últimos dias de "liberdade" antes do período de restrições impostas pela quaresma, durante esse período (40 dias antes da páscoa), é proibido para os cristãos o consumo de carne. É por esse motivo que a data do Carnaval varia, devido a ligação direta com o dia da Páscoa, comemorada no primeiro domingo após a primeira lua cheia do outono. Com a data da Páscoa definida, basta retroceder 46 dias, 40 da quaresma e 6 da semana santa até a chegada da quarta-feira santa.

Nos primórdios do carnaval, durante o século 17, as festas não tinham música nem dança, em vês disso, era praticado o entrudo, uma brincadeira parecida com uma guerra de água, herança da colonização portuguesa.

A partir do século 20, foram introduzidos costumes mais modernos como o hábito dos homens vestirem-se com trajes femininos. Isso pelo fato da festa representar um espaço de inversão, aonde se busca ser algo diferente do que é no resto do ano. As marchinhas carnavalescas dominaram as comemorações somente entre as décadas de 1930 e 1950, porém, o ritmo surgiu ainda no fim do século 19 com "Ó Abre Alas", de Chiquinha Gonzaga, música considerada a primeira feita especialmente para o bloco carnavalesco, o Rosa de Ouro, do Rio de Janeiro.

As fantasias são uma herança das festas tradicionais europeias do século 13, aonde a nobreza vestia-se com máscaras e fantasias que representavam personagem como Pierrô, o Arlequim e trajes que lembravam caveiras, burros e diabos, foi somente no século 19 que as fantasias se tornaram acessíveis as classes mais baixas. Talvez a tradição mais recente do carnaval, os trios elétricos foram criados e popularizados por brasileiros em Salvador. Ele surgiu em 1950 com a dupla de músicos baianos Dodô e Osmar, conhecidos como "Dupla Elétrica", equiparam um Ford 29 com dois altos falantes e saíram tocando pelas ruas de Salvador, a iniciativa foi um grande sucesso e no ano seguinte, o Ford foi trocado por uma picape e a dupla convidou Themístocles Aragão para compor assim, um "Trio Elétrico".

Dicas 

Agora que você já conhece um pouco mais da história do Carnaval, pensamos em algumas dicas de segurança e turismo para que você aproveite a sua folia sem nenhum problema, confira abaixo: 

Segurança 

Em meio a toda alegria e comemoração, sempre existem pessoas mal-intencionadas e situações adversas, pensando nisso, aqui vão algumas dicas para que você possa curtir sem se preocupar!

• Alimente-se bem: Antes de cair na folia, é necessário se alimentar de forma correta! Além de te dar mais energia e disposição, diminui as chances de passar mal e estragar no passeio. Evite alimentos pesados e aposte em barrinhas de cereal e amendoins para manter-se sempre bem alimentado.


• Hidrate-se: A dica mais valiosa de todas, beba MUITA água! Essa é para antes, durante e depois da folia pois além de evitar que você passe mal no meio da festa, a água te ajuda a eliminar as toxinas do álcool, assim diminuindo os efeitos da ressaca. Durante a folia, aposte nos isotônicos e águas de coco para manter-se hidratado até a festa acabar.  


• Não aceite nada de desconhecidos: Comer e beber é essencial para manter-se inteiro na folia, porém, NUNCA aceite nada oferecido por estranhos, é uma época onde é muito comum pessoas aproveitadoras estarem à solta. Muito cuidado com bebidas, certifique-se que estão lacradas e evite comprar de ambulantes.


• Dê preferência ao transporte público: Paracurtir sem preocupações, deixe o carro em casa e vá de transporte público! Além da dificuldade de achar vagas e o trânsito caótico, as ruas cheias expõem o seu veículo a diversos riscos desnecessários. Lembrando sempre que, se beber, não dirija! 


• Leve apenas o necessário: Saia de casa portando somente o que for muito necessário! Não ande com dinheiro sobrando, câmeras, coolers e celulares, além de ser difícil de carregar, corre-se o risco de assaltos e furtos.


• Escolha lugares com Policiamento: Existem comemorações de Carnaval literalmente em todos os lugares, logo, dê preferência a locais com policiamento! Dessa forma você curte tranquilamente sem confusões. 


• Denuncie qualquer tipo de violência: Caso presencie qualquer caso de violência ou agressão, denuncie na hora! Aproveitar a brincadeira é muito melhor com segurança, por isso não seja neutro, se alguma atitude está incomodando alguém, não hesite em procurar as autoridades. 


Turismo 

A grande maioria das pessoas viaja durante o Carnaval, existem aqueles que procuram as folias e grandes concentrações de pessoas e aqueles que buscam um lugar calmo para aproveitar com a família, seja qual for seu estilo, confira abaixo dicas de destinos para o Carnaval! 

• Rio de Janeiro, RJ: Destino ideal para quem gosta muito do agito e da folia, o Rio é casa do maior desfile de carnaval do mundo e dos principais bloquinhos do país, chegando a arrastar milhões de foliões por dia! 


• Recife, PE: Um dos destinos mais procurados do carnaval no Brasil, apresenta inúmeras festas que exaltam a cultura local do frevo e maracatu. Sem contar as praias consideradas entre as mais belas do país. 


• Salvador, BA: Considerado o destino mais procurado pelos brasileiros, o carnaval de Salvador é tão grande que se estende pelo verão inteiro. O axé agita toda a cidade acompanhado de grandes artistas como Daniela Mercury e Ivete Sangalo, levando milhões de foliões as ruas. 


Belo Horizonte, MG: O carnaval de BH tem crescido cada vez mais ao decorrer dos anos e já é maior do que o famoso carnaval de Ouro Preto. A foco daqui é a diversidade, os blocos de rua encontram-se espalhados por toda a cidade e com certeza algum deles é a sua cara!


• Porto de Galinhas, PE: Esse é o destino ideal para quem gosta de se dividir entre a folia e o descanso. É possível aproveitar as grandes festas de cidades vizinhas e depois fugir para descansar nas belíssimas praias de Porto. 


• Gramado, RS: Essa é para quem deseja fugir dos agitos de carnaval, a cidade é famosa por ser extremamente romântica e tranquila. É possível visitar diversos locais turísticos sem presenciar as grandes aglomerações de pessoas. 


Deixe um comentário nos contando suas experiências com festas de Carnaval ao redor do Brasil e siga nossas redes sociais para não perder nenhuma promoção ou novidade.