Venha ficar cara a cara com a baleia mais famosa de Santos

21/06/2019

Conheça a vida marinha de um jeito que você nunca viu 

O Museu de Pesca

O Museu de Pesca é uma das principais atrações turísticas de santos e integra o círculo de patrimônios histórico-culturais da região, ele fica instalado em uma área que abrigou inicialmente o Forte Augusto, construído no ano de 1734 com a finalidade de cruzar fogo com o Forte de Santo Amaro e assim proteger a cidade de santos de possíveis ameaças, porem no final do século XIX o forte já se encontrava em ruinas, felizmente o local foi apontado como a área ideal para a construção da Escola de Aprendizes Marinheiros do Estado de São Paulo e então no ano de 1906 o prédio foi levantado e a escola funcionou sem interrupções até 1931 quando passou a dar lugar para a Escola de Pesca do Estado de São Paulo.

O museu começou a se moldar do jeito que conhecemos hoje após a chegada do famoso esqueleto de uma Baleia-fin que encalhou na cidade de Peruíbe em agosto de 1941, com 23 metros de comprimento, 193 ossos e 7 toneladas é com certeza a atração principal do museu. Além da baleia, o museu oferece também a oportunidade única de ver uma lula gigante taxidermizada de mais de 5 metros bem em cima de suas cabeças, um espécime raro de raia manta com cerca de 4 metros e meio de envergadura que foi morta acidentalmente por pescadores em 2005, e a incrível sala dos tubarões, que traz espécies das mais variadas vindas de diversos lugares do planeta.

O museu fica na Av. Bartolomeu de Gusmão n°192 e o horário de funcionamento é de quarta a domingo das 10h às 18h. 


Sobre o Museu de Pesca

Endereço: O Museu de Pesca fica na Av. Bartolomeu de Gusmão nº 192 - Ponta da Praia - Santos.

Horário de Visitação: Aberto de quarta a domingo das 10h às 18h.

Ingressos: R$ 5,00

Estudantes e professores: R$ 2,50.

Crianças até seis anos, adultos maiores de 60 anos e escolas públicas são isentos.

Para mais informações acesse: https://turismosantos.com.br/?q=pt-br/node/1591

Tel. (13)32615260.

Redação: Gabriel Stelita Schalch | Fotografia: Diogo Peres | Imagem: Nicolas Negrão | Direção: Thiago Manias  


PUBLICAÇÕES RECENTES